quarta-feira, 30 de março de 2011

Palhaço

Derrepente me deu uma vontade de fazer rir
uma vontade de voltar a ter as coisas como eram
com todas as alegrias deveras
que existiam no peito
sim ,estou pisando em obstaculos
nao vou provar que sou mais forte ou resistente
porque eu choro quando fico emocionada
eu tenho um peito que pulsa
eu tenho um riso que escapa
preciso me libertar dessa dor sem explicação no peito
e não existem medicos ou remedios que me curem
existem os risos o cansaço
existe a vida almejando entrar
eu existo aqui bem dentro de mim
explodindo de alegria e paz,
vou me levantar e dar uma volta hoje
aqui a alegria não morre
coração de palhaço bate como bumbo
toca as sinfonias mais lindas da alma
coração de palhaço grita
no escuro.

3 comentários:

  1. nossa senhora muito bom, vc escreve muito bem

    ResponderExcluir
  2. Lindo simplesmente lindo!Amei teu blog,você escreve muito bem mesmo.Voltarei sempre.

    ResponderExcluir