sábado, 30 de janeiro de 2010

De olhos abertos

Acordo no começo da tarde
nem digo nada
o sol já está faz tempo na imensidão do céu
onde as suas palavras ecoam e somen.
No meu labirinto mental ainda há espaço
eu que nunca sei o caminho das coisas
eu não premeditei meus passos
Meus lábios sim
sabem a direção certa
e vão de olhos fechados

2 comentários:

  1. Nossa flor *--*

    sempre és tão clara em tudo que queres passar,
    leve em cada letra. AMO DEMAIS ISSO.

    Beijos doces (L)

    ResponderExcluir